Irã quer investir em agricultura no Brasil

TWITTER
FACEBOOK

10-11-09

O embaixador do Irã no Brasil, Mohsen Shaterzadeh, confirmou hoje que seu país está interessado em impulsionar investimentos de empresas iranianas no setor agrícola brasileiro. Em entrevista coletiva, em Brasília, ele disse que essa é uma das 15 áreas de cooperação que o presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, pretende estimular a partir de sua visita oficial ao Brasil, no próximo dia 23. Segundo o embaixador, a ideia é de que empresas privadas iranianas formem joint ventures com brasileiras para a produção de soja, milho e etanol. A produção não teria apenas o objetivo de suprir o mercado iraniano, mas também o de atender a demandas de outros países.

Fontes da diplomacia brasileira informaram ontem que devem ser assinados, durante a visita do presidente iraniano, um acordo de isenção de vistos diplomáticos, um acordo de cooperação técnica, um memorando de entendimento entre a Embrapa e a empresa iraniana de pesquisa agropecuária e um programa executivo na área da cultura. Os dois países deverão impulsionar a cooperação ainda nas áreas de energia, tecnologia, educação, prospecção de petróleo e mineração e também a colaboração na reivindicação de uma reforma real nos organismos internacionais, especialmente as Nações Unidas.

Nos próximos dias, integrantes do Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações (Cofig) irão em missão a Teerã para tratar de um mecanismo de financiamento de exportações brasileiras. No início do ano, segundo Mohsen Shaterzadeh, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, visitará o Irã à frente de missão comercial. Esse compromisso será preparatório da visita oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Irã, que deverá ocorrer, segundo o embaixador, no primeiro semestre de 2010.
Original source: Yahoo
TWITTER
FACEBOOK
TWITTER
FACEBOOK

Post a comment

Name

Email address (optional - if you want a reply)

Comment