Bolívia ameaça expropriar terras de estrangeiros

TWITTER
FACEBOOK

EFE | 09 de março de 2011

O governo boliviano ameaçou nesta quarta-feira expropriar no país cerca de um milhão de hectares de terras de brasileiros e menonitas, caso venha a ser confirmado que elas foram obtidas ilegalmente ou que não são usadas para produzir alimentos. O vice-ministro de Terras, José Manuel Pinto, disse à rádio estatal que foi identificado o território em mãos de estrangeiros nas regiões de Santa Cruz (leste) e Beni (nordeste), fronteiriças com o Brasil, e se investigará se são terras adquiridas legalmente.

"Verificaremos primeiro como adquiriram a propriedade. Se cumprirem o marco legal vigente, respeitaremos e vamos registrar a propriedade. Se não cumprirem, (as terras) serão revertidas ao Estado e serão entregues a quem necessita delas para a produção", disse. O governo também investigará o uso que os estrangeiros estão fazendo dessas terras, pois, segundo o vice-ministro, "muitos as usam para o narcotráfico e outros fazem desmontes ilegais".

Entre os estrangeiros que supostamente adquiriram terras ilicitamente, o funcionário identificou empresários brasileiros e menonitas mexicanos da colônia de Rio Negro, no Beni. O vice-ministro vinculou este problema à crise alimentícia mundial, já que houve uma crescente necessidade dos países de aumentar sua produção agrícola e, inclusive, de expandi-la a outras nações.

"Não somos contra um estrangeiro ter terras na Bolívia. Podem vir trabalhar e semear, mas que o façam de forma legal, que façam uma produção e exploração legal, cumprindo as normas de nosso país", acrescentou. Em 2006, o governo promulgou uma lei que ordena estudar a legalidade da propriedade de terras, assim como expropriar as que não estejam em produção para reparti-las entre indígenas e camponeses.

Original source: EFE
TWITTER
FACEBOOK
TWITTER
FACEBOOK

2 Comments


  1. IVO MENDES
    18 Apr 2011

    Deixa o indio se ferrar e ferrar o povo dele. O Brasil que nao se meta nessa encrenca. E os brasileiros que moram na Bolivia que retornem. Temos muita terra para cultivar. Muito mato pra desbravar. A Bolivia ao tem solução. E nunca terá. E daqui para o pior. Miseria e pobreza. E revolução. Um ciclo que se repete ha decadas. O indio ja dividiu o pais. Temos hoje duas Bolivia. A dos indios (pais andino) e dos brancos e mestiços. Deixa correr a coisa. O tempo é o senhor da razão.

  2. CESAR AUGUSTO.
    18 Apr 2011

    ESSE E O FIM DE UM REGIME DITO SOCIALISTA. QUEM PRODUZ NA BOLIVIA SÃO OS ESTRANGEIROS. OS BOLIVIANOS JA PASSAM FOME. ESTIVE LA E VI POBREZA E MISÉRIA. INDIO NAO TRABALHA. SO SAQUEIAM A NATUREZA. VIVEM DO ESTRATIVISMO. O REGIME DO EVO MORALES, VAI NA CONTRA MAO DO MUNDO. AFUGENTA O CAPITAL. E COM CERTEZA CAMINHA PARA UM REVOLUÇÃO. NAO É A TOA QUE A BOLIVIA E O HAITI SAO OS DOIS PAISES MISERÁVEIS DO CONTINENTE AMERICANO. E VAO CONTINUAR ASSIM, DISPUTANDO ENTRE SI QUAL SERA O PIOR, PELAS PROXIMAS DECADAS. E ISSO QUE DA COLOCAR NA DIREÇÃO DE UMA NAÇÃO UM INDIO. DIVIDIU O PAIS. E PAIS DIVIDO NAO PROGRIDE. LOGO LOGO A BOLIVIA ULTRAPASSARA O HAITI, NA MISERIA, NA DOENÇA, NO SUBDESENVOLVIMENTO. QUE PENA, NAO PRECISAVA SER ASSIM. QUEM VIVER, VERÃ.

Post a comment

Name

Email address (optional - if you want a reply)

Comment