Lula defende inibir venda de terras a estrangeiros

TWITTER
FACEBOOK

Folha de São Paulo | 08 de junho de 2010

Medida limitadora está em análise no governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que o governo federal estuda maneiras de limitar a compra de terras produtivas no Brasil por estrangeiros.

Lula não deu detalhes de como isso será feito. Informou apenas que as medidas estão em estudo pelos ministérios da Justiça e da Defesa."Esse é um problema que nós precisamos começar a discutir. Uma coisa é o cidadão vir e comprar uma usina, comprar fábrica. Outra coisa é ele comprar a terra da fábrica, a terra da soja, a terra do minério", disse.

Ele fez as declarações ao lançar o Plano Safra, que dará R$ 100 bilhões para financiar a próxima colheita. Segundo ele, sem limite, o Brasil corre o risco de ficar com seu "território diminuto".

De acordo com Lula, o objetivo do governo é encontrar uma maneira de garantir que os brasileiros se "assenhorem" das terras do país para evitar "que haja abuso de compra de terras por estrangeiros, sobretudo da nossa terra mais produtiva".

Pelo menos nove grupos, entre coreanos, chineses e indonésios, vieram neste ano ao país em busca de terras para plantio de alimentos.

Lula cobrou mais ousadia do agronegócio brasileiro para que enfrente a concorrência internacional em produtos como carne, soja e milho. "O Brasil precisa se compenetrar de que é um país grande e uma economia grande."
Original source: Folha de São Paulo
TWITTER
FACEBOOK
TWITTER
FACEBOOK

Post a comment

Name

Email address (optional - if you want a reply)

Comment